Acolhimento a viúvas e viúvos: seg. a sexta das 08h às 12h
Rua Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP

Depoimento Ricardo de Oliveira

Me chamo Ricardo, tenho 43 anos e fui casado com a gata das gatas, Simone, por 8 anos 1 mês e 17 dias. Foi uma história incrível. Após um ano e um mês de namoro e já nos casamos. Neste tempo fazíamos de 2 a 3 viagens por ano, mais fora do que dentro do país. Foi um casamento lindo, cheio de cumplicidade, amor, parceria e realizações. As divergências eram superadas pelo amor.

Em 5 de agosto de 2019 iniciamos uma luta que a levaria de nós. Sem nunca ter fumado teve câncer de pulmão com metástase na cabeça, e no licor.

Enfim hoje desejo apenas contar como estou vivendo este luto. Hoje faz exatamente um mês e 1 dia que ela se foi já fui ao cemitério visitá-la por 3 vezes.

Tenho de tudo, apesar de não ter tido filhos minha família é maravilhosa, amigos, todos me dando muita força.

Hoje entendo q dinheiro não trás felicidade ajuda, porém a real felicidade está nas coisas simples da vida que geralmente não reparamos. Um simples passeio descalço na grama com a pessoa amada.

No momento a vida está sem cor, todos projetos perderam o sentido, não consigo tirar minha aliança as roupas dela ainda estão no lugar que deixou.

Estranho muito porque estou tentando passar pelo luto sem qualquer tipo de bengala, seja remédio, bebida, drogas, enfim o que estou tentando fazer é não recusar convites
Estou naquele estágio de não aguentar um vamos. Nunca estou disposto a ir. O que eu menos desejo é sair de casa, porém quando eu saio não desejo voltar.

A pior parte está sendo enfrentar as noites. Como são doidas! Mas, pela graça de Deus estou conseguindo dormir sem precisar de remédios mesmo sendo o horário que mais dói. O que está me confortando é saber que Deus nunca erra. Deus nunca perde o controle, Deus tem sempre o melhor para os seus.

Minha vontade é tirar minha própria vida, porém jamais poderei fazer isso, pois estaria assinando a minha total descrença de que existe um Deus que olha por nós e faz sempre o melhor para nós. Então, um dia certamente chegará minha hora, mas certamente eu não irei apressar.

Depois de 1 mês, estou tentando voltar ao trabalho, e focando em novos projetos para minha vida e nesta faze de meu luto o difícil está sendo viver sem a opinião da minha parceira. Nunca fiz nada sem antes consultá-la e vice e versa. Era uma relação muito linda de se ver.

Estou tentando conversar com outras meninas, quem sabe buscando uma nova parceira. Sei que é muito cedo para isso, porém vejo que preciso conversar com pessoas que não me conhecem para poder sair de meu círculo.

Vejo que a cada dia estou chorando e a experiência que levo é:
– aproveite cada segundo com as pessoas que você ama, em um simples abraço. Abrace sempre como se fosse a última vez.

Parece paranoia, mas nunca estamos preparados para a perda e vejo que desperdiçamos muito tempo com besteiras, picuinhas, idiotices. A vida é curta e a única certeza que temos é que jamais sairemos vivos dela. Pode ser hoje, mês que vem ou em 40 anos, mas certamente a hora chegará para todos e o último que apague a luz.

Tento passar boa parte de meu tempo lendo ou na maioria das vezes ouvindo a bíblia no app. Acho que assim podemos potencializar este aprendizado, seja no trânsito, na caminhada, na hora de dormir ou cozinhando. Estes momentos estão me fortalecendo e dando a certeza de que Deus está conosco porque por mais difícil que possa estar sendo, ele está por ai.

Alguns Livros da bíblia estão me ajudando, como Eclesiastes, Provérbios e Apocalipse.
Todos são ótimos, mas estes são os melhores já li ou ouvi, mais de 45 vezes cada um.

Podemos até viver sem crer em Jesus, porém morrer sem crer no Salvador Jesus é cruel pois aqui vivemos um tempo finito, mas depois nos resta a eternidade, em tempo infinito. Estamos em um tempo de provas, tentações, dificuldades, tristezas, alegrias, brigas, festas, etc, etc. E onde você escolhe passar sua eternidade? Só há dois lugares, céu ou inferno.

Que Deus ajude a todos que passam por este momento de luto dando, sabedoria, entendimento, amor ao próximo e o principal a certeza na fé em nosso Senhor Jesus Cristo.

  • R. Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP
  • (19) 99304-2682 ou (19) 3368-4710
  • contato@acolhecomamor.com.br
  • Horário Funcionamento: segunda, quarta e sexta das 08h às 12h.