Acolhimento a viúvas e viúvos: seg. a sexta das 08h às 12h
Rua Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP

Depoimento Nadja

Vou contar um pouco da minha história. Sou Nadja Ferreira, tive uma linda história de amor com Gilberto Júnior, a qual durou apenas 6 anos e 6 meses. Tudo começou no início de 2012, nos conhecemos dentro do ônibus escolar, demos o primeiro beijo em 01 de abril e a partir desse dia não desgrudamos mais.

Dia 05 de abril oficializamos nosso namoro, ele com 18 anos e eu com 22, para muitos ele ainda era um menino, mas para mim era um grande homem em vestis de menino. Durante esses quase 7 anos vivemos uma linda história, apesar de muitos terem tentado atrapalhar, nosso amor era forte e não nos deixamos nos levar pela opinião de outros.

 Tudo que eu sonhava encontrar em alguém eu encontrei nele, um homem lindo não só fisicamente, mas também internamente, um ser humano incrível, com o coração mais puro que tinha visto, sua humildade, seu carisma, sua educação, sua honestidade, meu Deus como eu tive sorte em ter alguém como ele, muitos diziam que eu tinha ganhado na Mega Sena. 

Em 2017 noivamos, e começamos nossos planos para o casamento, vivemos em perfeita harmonia, mesmo como nossas diferenças ele era calmaria e eu ventania.

No início de 2018, fomos pegos de surpresa, eu estava grávida, como ele falava engravidamos, estávamos à espera da nossa melhor conquista nosso bebê. Sendo assim, antecipamos nosso casamento, foi tudo muito simples, mais cheio de amor. Naquele dia eu o ouvi dizer que era o dia mais feliz de sua vida, tudo estava lindo, estávamos muitos felizes, nossa casinha e nossa bebê chegando.

Júnior tinha sido aprovado em um concurso público, sua graduação, tudo que sempre sonhávamos estava acontecendo. Estávamos planejando nosso casamento no religioso, pois era seu maior sonho casar aos olhos de Deus.

Tudo estava caminhando bem, mas na tarde do dia 16/10/2018 recebi a pior notícia de minha vida, meu grande amor, meu porto seguro, meu companheiro, meu amigo, o pai de minha filha, meu lindo e amado marido tinha sofrido um grave acidente retornando da faculdade e não resistiu ao ferimento e veio a óbito. Meu mundo caiu e naquele momento perdi meu chão, minha história de contos de fadas tinha acabado, eu grávida de 38 semanas, com uma criança que viria ao mundo sem o seu pai, após quatro dias do falecimento do Júnior, lá estava eu colocando fruto do nosso amor no mundo.

Já se passaram quase 9 meses, e a saudade só aumentando, tem dias que são mais escuros e as vezes acho que não vou suportar. O luto é uma montanha russa de sentimentos, mas sei que Deus tem me carregado no colo esse tempo todo, sem ele eu não suportaria.

 Ele se foi, mas deixou o presente mais lindo e especial, a melhor parte dele, nossa Valentina. A saudade é imensa, no entanto vivo na esperança do reencontro. Não é fácil compreender e aceitar os desígnios de Deus, mas sei que ele está bem e não sente dor, e vive ao lado do criador. É um anjo e merecedor do céu.

 Que privilégio ter conhecido alguém tão especial que me ensinou tanto em vida, assim também me ensinado na morte. Como ele me dizia todos os dias, te amo mais que ontem e menos que amanhã, e assim vou seguindo um dia após o outro amando.

Etiquetas: ,

  • R. Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP
  • (19) 99304-2682 ou (19) 3368-4710
  • contato@acolhecomamor.com.br
  • Devido a pandemia não temos atendimento presencial, somente on-line