Acolhimento a viúvas e viúvos: seg. a sexta das 08h às 12h
Rua Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP

Depoimento Juliana Santeramo

Quando eu o conheci, minha filha tinha acabado de completar 5 anos. Desde o primeiro instante ele nos transformou em uma família e a amava como se fosse dele. Construímos nossa casa, eu me formei e ele sempre ao nosso lado. Era uma pessoa extraordinária, ajudava a todos que precisassem, conhecidos ou desconhecidos, a qualquer hora. Foram muitas dificuldades e muitos momentos felizes juntos, viagens, passeios, praias… Ele amava dirigir, pegar estrada.

O ano de 2019 foi muito intenso, pois sempre fomos bastante unidos, mas esse ano foi surreal. Foram muito mais passeios e muito amor envolvido. Estávamos tentando engravidar. Eram tantos planos… Foi nossa despedida e a gente não sabia. Ele sairia de férias em outubro e estávamos com viagem planejada. Dia 04/09 nosso dia começou como todos os outros. Ele foi tomar banho pra ir trabalhar e eu ajeitei nosso café da manhã que tomamos juntos, conversamos e nos despedimos com um beijo, um abraço e eu disse vai com Deus, avisa quando chegar. Era assim todos os dias. Depois de 30 minutos ele havia sofrido um acidente de carro e não chegaria ao seu destino, também não voltaria mais para casa… Foi o dia em que senti mais dor em toda minha vida. Quando soube, um buraco se abriu no chão, cai de joelhos e só chorava.

Passados 04 meses, eu ainda tenho muita dificuldade em lidar com tudo isso, sinto muita falta de vê-lo chegar em casa, mandar uma mensagem, ouvir sua voz e de toda nossa rotina que hoje não existe mais. Minha filha tem sido uma fortaleza para mim, tem me ajudado demais, e muitas vezes me faço forte para ajudar minha sogra, pois nenhuma mãe merece perder um filho.

Foram 12 anos juntos, com muito amor e companheirismo, apesar de toda dor de não ter mais ele por perto, eu agradeço a Deus por ter me escolhido para ficarmos esse tempo juntos e por eu ter conhecido a pessoa que ele foi. Creio que um dia nós nos encontraremos.

Fiz uma tatuagem para eternizá-lo ainda mais na minha vida, lembrando o dia em que ele saltou de paraquedas, um sonho que ele realizou. Agora ele vive no meu coração, na minha alma e na minha pele.

Etiquetas:

  • R. Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP
  • (19) 99304-2682 ou (19) 3368-4710
  • contato@acolhecomamor.com.br
  • Devido a pandemia não temos atendimento presencial, somente on-line