Acolhimento a viúvas e viúvos: seg. a sexta das 08h às 12h
Rua Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP

Depoimento Iargres

Fui ao meu primeiro carnaval ainda na adolescência, e lá por um acaso do destino, conheci Jefinho que foi meu primeiro amor de carnaval, namorado e até noivo.

O que era pra ser um amor de carnaval durou 10 anos entre idas e vindas, porque morávamos em cidades distintas.

Um dia Jefinho me ligou e falou: Nega, vou ser pai! Engravidou uma moça, e ai passamos 11 anos perdidos um do outro, todos falavam “mais o amor que era tão lindo”, enfim, ambos viveram outras histórias.

Só que o destino nos uniu novamente e não podíamos conter a alegria, um ano planejando nosso sonho de ter uma casinha, nossa família, porque nosso “filho” que não veio, até nome já tinha “Gabriel”.

E lá fui eu pra São Paulo, e nosso reencontro foi mágico, enfim, realizamos nosso sonho, nosso amor. Todos ficavam bobos como o destino nos uniu novamente. Era algo inacreditável até pra nossas famílias, vivemos tão felizes, que muitos casais que passam uma vida toda juntos não viveram o que em 6 meses vivemos.

De malas prontas pra voltar ao nosso nordeste, sabe aquele dia perfeito, banhar o cachorro, ouvir música, deitar na varanda de casa fazendo planos, assim foi nosso último dia juntos.

Acordei de madrugada, ele já com fortes dores abdominais e fomos direto pro hospital, muitos exames, medo, choro. Feliz de poder ficar de mãos juntas, até a despedida da sala de cirurgia, apendicite aguda.

Lá entreguei meu amor a Deus, primeiro o velório com os amigos do coração, depois o transladado que foi duro e cruel, mas conseguir devolve-lo aos pais em 24 horas.

Meu mundo desabou, mais por alguma razão fiquei pra contar essa história e não deixá-la morrer.  Com todo amor que possuo. IARGRES

Ele faleceu há seis meses no dia 01.05.2018, ele com 36 anos eu com 37 anos.

Etiquetas: ,

  • R. Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP
  • (19) 99304-2682 ou (19) 3368-4710
  • contato@acolhecomamor.com.br
  • Devido a pandemia não temos atendimento presencial, somente on-line