Acolhimento a viúvas e viúvos: seg. a sexta das 08h às 12h
Rua Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP

Depoimento Éryka

Estou sobrevivendo até aqui, e não tenho dúvidas do amor de Deus sustentando, preenchendo, acalentando o coração.

Não tem sido fácil e só cheguei aqui porque a fé é o meu sustento.

Mas não é porque Ele preenche, porque Ele acalma, que não temos saudades, que não choramos e que não vamos sentir falta, o próprio Jesus chorou a morte de Lázaro….

Sinto sua falta todos os dias… Eu falo pelos cotovelos e você brincava logo que a gente acordava, “amor pode começar, você ficou muito quieta à noite, eu sei que você precisa falar, vai que estou preparado para as 3 mil palavras da manhã”.

Quanta falta de coisa besta que eu jamais, numa rotina, no meu dia a dia, pensei ou imaginei sentir. Falta de coisas tão aleatórias, tanta coisa acontecendo, que eu precisava tanto falar com você, chorar no seu colo, decidir junto com você, escutar seus conselhos, escutar um “eu te amo neguinha, estou te esperando com o almoço, vem logo”

Como você me dizia, “pode colocar mil pessoas e vendar meus olhos, tapar meus ouvidos e o meu nariz, eu conheço você no toque dos meus dedos, eu te conheço mais que você mesma, de todos os ângulos, de dentro para fora, de fora para dentro…” você realmente me conhecia como ninguém. Aliás, só você me conhecia e me entendia e foi me ensinando a me decifrar…. E na maior dor da vida, você continua me ensinando todos os dias.

Não tivemos longos anos, não vivemos uma vida inteira juntos, mas o que vivemos foi intenso e verdadeiro. Foi Deus, que me trouxe de presente você, numa oração que um dia eu pedi. A nossa conexão e nosso amor foi desde o primeiro instante, desde do primeiro olho no olho, eu fui sua e você foi meu no primeiro segundo que nos encontramos. Nunca mais nos desgrudamos, foi uma paixão avassaladora que aumentava a cada instante, e era impossível ficar sem você, sem ter você, viver sem você. Nos casamos em 1 ano.

Éramos conectados em tudo, o amor que vivemos nunca foi morno. Era tudo muito intenso. As discussões existiam também na mesma medida, porque sempre teve intensidade no nosso amor e em tudo que vivemos. Tudo que fazíamos era junto, da hora que acordava com o café da manhã na cama todos os dias, que você fazia questão de me levar, me acordar com o melhor bom dia e com ” eu te amo, e quero te conquistar todos os dias”. Impossível não te amar, até ficar sem dormir para acompanhar você nos seus shows e ir trabalhar virada, ou só para ficarmos conversando madrugada a dentro nos nossos momentos tão nossos que aconteciam todas as semanas.

Você sempre fez questão de estarmos juntos em tudo e de fazermos tudo juntos um pelo outro e um com o outro. O nosso pequeno, que sempre teve o amigão dele levantando todas as noites para atender as chamadas do “papai vem deitar comigo”. Você sempre foi nosso “super herói sem capas”

Você foi maravilhoso e deu muito mais do que era capaz de imaginar. Você venceu limites por nós, lutou por nós, mudou por nós.

Você mudou por mim e mudou a mim.

Você foi sim um guerreiro, um vitorioso, um anjo na minha vida. Você foi e é o verdadeiro amor da minha vida, sei que também fui o verdadeiro amor da sua vida e por você eu me entreguei ao amor de Deus.

A doença, transtorno de bipolaridade, te levou. Ela vem a ser a principal causa de suicídio. E você foi embora como chegou: de repente, sem pedir licença, com violência e paixão. Com intensidade, com amor. E eu creio que está em paz, que está nos braços do Pai. Ele, só Ele conhece o coração de cada filho. E assim você está, com o nosso Pai do céu.

E eu escolho fazer da nossa história não uma história triste, mas uma lição de vida. Eu escolho enxergar além da dor. Eu escolho lutar para ser uma pessoa melhor a cada dia.

Eu sigo com a saudade, grata por tudo que vivi ao seu lado, com você vivo dentro do meu coração, porque o nosso forte sempre foi nosso amor… e nem a morte vai destruir. Entre erros e acertos que tivemos, nos amamos com todas as forças. Eu sigo por Deus, por nós, por nosso amor, pela nossa família, pelos nossos filhos, pelos nossos sonhos, pelo dia do nosso encontro definitivo no paraíso com Deus, que nada mais vai separar, nem a morte.

Aqui eu escolho ser pra sempre sua.

Eu te amo tanto minha estrela e sigo te amando.

Metade de mim foi com você, assim como metade de você ficou em mim.

Obrigada por ter me escolhido para ser sua. Só Deus, eu e você sabemos o quanto aprendemos e evoluímos um com o outro. Obrigada por ter me dado tanto amor, por todo amor que vivemos que demos um ao outro, pela história que construímos de intensidade e de dor, mas também de amor, um amor que nunca será apagado. Obrigada por ter me ensinado tanto, por ter me deixado um pedacinho seu tão igual a você, para eu amar, cuidar e educar. Agradeço a Deus por ter vivido esse amor com você, por ele me sustentar, fortalecer e me levantar nas quedas.

Que eu continue firme nos propósitos d’ele para cumprir nosso legado.

“Serás para mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo.”

“Nem muitas águas conseguem apagar o amor;

os rios não conseguem levá-lo na correnteza.

Se alguém oferecesse todas as riquezas da sua casa para adquirir o amor,

seria totalmente desprezado. “

Cânticos 8:7

Etiquetas:

  • R. Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP
  • (19) 99304-2682 ou (19) 3368-4710
  • contato@acolhecomamor.com.br
  • Horário Funcionamento: segunda, quarta e sexta das 08h às 12h.