Acolhimento a viúvas e viúvos: seg. a sexta das 08h às 12h
Rua Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP

Como Apoiar Quem Está de Luto

Por Sabrina Coghe

Apoiar quem está de luto não é tarefa fácil. É importante saber ler o outro para entender como você pode contribuir para amenizar aquela dor que dilacera o peito de quem ficou.

Às vezes a suas intenções em ajudar não refletem o que de fato o outro está precisando ou quer naquele momento; tome cuidado para não ser invasivo. Decidir quando e como a casa ficará, quando as roupas serão doadas ou quais fotos permanecerão no aparador, não cabe a você decidir.

Não julgue se foi rápido ou demorado a tomada de algumas decisões; o tempo nesse caso não segue um padrão. A dor é diferente para cada um, e só quem está vivendo o luto sabe o que é mais doloroso a cada momento.

Se você entender que alguma decisão está sendo tomada de forma impulsiva, e que isso pode causar algum arrependimento no futuro, contribua como forma de sugestão; deixando claro que é algo para se pensar.

Ser sensível a dor do outro é muito importante, mas não esqueça; você está ali para ajudá-lo a passar por isso, então segure a sua onda; é hora de ser fortaleza. Qualquer descontrole emocional de sua parte, pode potencializar a dor de quem de fato está precisando do seu apoio.

Evite frases de prontas como:

“Seja forte”, “Vai passar logo, tudo é questão de tempo”, “Você é jovem, logo vai encontrar um novo amor”, “Descansou”, “Era a hora dele (a)”, “Eu sei o que você está sentindo”, “Tanto bandido por aí, e logo ele teve que morrer”

Nada disso contribui como apoio; para quem escuta é algo produzido, copiado, sem sentimento e que todo mundo diz.

Por fim respeite os sinais, e observe a hora de ouvir e a hora de calar. O importante é ficar claro que você está ali para apoiá-lo; e às vezes só a sua presença é mais que suficiente.

Etiquetas: , ,

  • R. Barão de Paranapanema, n. 146, Bloco B, Sala 62, Bosque, Campinas - SP
  • (19) 99304-2682 ou (19) 3368-4710
  • contato@acolhecomamor.com.br
  • Devido a pandemia não temos atendimento presencial, somente on-line